Cloud Privada

Como configurar os relatórios do Valuekeep Analytics? – Cloud Privada

34 views 26 Agosto, 2019 12 Março, 2021 Valuekeep 0

Para ativar o Valuekeep Analytics, em cloud Privada, deve seguir os seguintes passos:

  1. Subscrever o Valuekeep Analytics diretamente à Valuekeep ou através de um parceiro Valuekeep. O Valuekeep ou o parceiro terão de enviar uma nova licença com a subscrição do Valuekeep Analytics;
  2. Atualizar a licença do Valuekeep no “Valuekeep Instance Manager“;
  3. Na configuração “Valuekeep Instance Manager”, selecionar a opção “Configurar Valuekeep Analytics”. No ecrã ativar a opção Ativar Valuekeep Analytics;

Para configurar os relatórios da Valuekeep Analytics deve seguir os seguintes passos:

  1. Efetuar download e instalação do Power BI Desktop [https://www.microsoft.com/pt-pt/download/details.aspx?id=45331];

Para aquisição dos add-ons o cliente on-premises tem que pedir os últimos ficheiros de Power BI à Valuekeep ou, falar diretamente com o seu parceiro. O parceiro tem acesso aos módulos do VK Analytics.

  1. Fazer download dos add-ons Valuekeep Analytics para obter os relatórios, para isto, o utilizador tem que seguir os seguintes passos:
    • Aceder ao portal da Valuekeep (valuekeep.com) e fazer login;
    • Na barra de menu, selecionar no link “Add on”;
    • Fazer download dos templates (ficheiro.zip).
  1. Abrir o ficheiro (.zip). Este contém 3 pastas, uma por cada idioma (PT; ES; EN);
  2. Executar o template do relatório do idioma pretendido com o Power BI Desktop (ex: VALUEKEEP – PT- Ativos);

 

  1. Configurar acesso à WebAPI do Valuekeep, através de 3 parâmetros:
    • API_URL: http://IP/valuekeep_webapi/api/, o IP pode ser substituído pelo nome da máquina
    • TENANT: Nome Base de Dados
    • ORGANIZATION: Cliente
    • Selecionar “Carregar”;

  1. Surge nova janela “Níveis de Privacidade”, aqui é necessário selecionar “Ignorar as verificações de níveis de Privacidade (…)” e, por fim “Guardar”.

Nota: se após este passo surgir uma mensagem de erro, ignore e carregue “Fechar”

 

  1. No menu superior, aceder ao “Editar Consultas” e selecionar a opção “Definições de Origem dos Dados”;

  1. Selecionar “Origens de dados no ficheiro atual” e selecionar, no canto inferior, em “editar permissões”;

  1. Na janela “Editar Permissões”, a baixo das “Credenciais”, carregar em “editar”;

  1. Surge nova janela “Aceder a conteúdo Web”, no lado esquerdo escolher a opção “Básica” e colocar:
    • Nome de Utilizador: userPBI
    • Palavra-passe: Definida pelo administrador (Nota)
    • Selecionar “Guardar”;

  1. Verificar se os “níveis de privacidade” está a “nenhum”, no “editar permissões” e selecionar “Ok”;

 

  1. Repetir o processo para cada uma das origens de dados (ex: );

 

  1. Por fim, “Fechar”.

 

  1. Aceder ao menu superior e selecionar “Atualizar”.

Nota: Na solução, aceder ao menu principal, selecionar “utilizadores”, editar o utilizador “userPBI” e no separador “autenticação” definir a palavra-passe.

Foi útil?